CARREGANDO

Busca

Maioria não quer mais vereadores

Redação O Garibaldense 18/06/2018

A maioria dos vereadores em Garibaldi afastou qualquer possibilidade de aumento do número de cadeiras na Câmara, de acordo com uma enquete realizada pelo Jornal O Garibaldense. Dos nove parlamentares, apenas a vereadora Rosani Maria Fin Flores, do Progressista, é a favor do aumento, para 11, no Legislativo da cidade.
A possibilidade de mais vereadores em Garibaldi foi levantada justamente por Rosani, na sessão do dia 4, o que causou um alvoroço após a publicação da matéria, na edição do dia 7, do OG. Para justificar a posição, Rosani entende que a Câmara terá maior representatividade com 11 vereadores.
“Fui vereadora quando tinham 13 vereadores e era muito melhor para trabalhar. Eu defendo, sim, um número maior de vereadores, para 11, porque o eleitor terá maior representatividade na Câmara”, declarou em discurso na Tribuna, a vereadora.
Os demais vereadores, inclusive, os colegas da bancada Progressista, Tiago Henrique Ferranti e Luiz Carlos Rodrigues, são contra a ideia de mais cadeiras na Câmara. “Vale ressaltar que não há, na Câmara, discussão sobre este tema, mas minha opinião é na manutenção do número de nove vagas para o Legislativo”, reforça Tiago.
Para o presidente da Câmara, o vereador Moisés Nekel, do MDB, o momento conturbado em que o país vive, buscando a redução da máquina pública, não é favorável para essa discussão. “Minha opinião pessoal é que Garibaldi, atualmente com nove vereadores, está bem servida com esse número”.
De acordo com a Emenda Constitucional 58, aprovada em 2009 pelo Congresso Nacional, e que determina a composição dos legislativos municipais, conforme o número de habitantes dos municípios, o Legislativo local pode aumentar o número de vereadores até chegar a 13 vagas, isso porque Garibaldi possui mais de 30 mil habitantes.
A Emenda Constitucional 58 foi aprovada para tentar reverter distorções entre a composição das Câmaras e o número de habitantes, decorrentes de uma decisão do TSE, que em 2004 extinguiu quase 9 mil vagas de vereadores no país, sendo 500 só no RS. A Emenda estabeleceu 24 faixas populacionais para os municípios com os respectivos tetos de parlamentares.

Outras notícias

Clima e temperatura

 

Online O Garibaldense

O primeiro jornal de Garibaldi

Colunas populares
Mostrar mais
Curta nossa página