CARREGANDO

Busca

E o nosso aeroporto?

Caros amigos, muito se fala no desenvolvimento do município de Garibaldi, e neste aspecto as opiniões e/ou sugestões são as mais variadas possíveis. Contudo, toda vez que ouço alguém tocar neste assunto me lembro, de forma automática, de um dos grandes catalisadores deste processo, o qual, ao meu singelo juízo, anda meio esquecido. Falo aqui do nosso Aeroporto (e/ou Aeroclube), o qual foi construído ainda na década de 40 e que, se tivesse recebido os investimentos necessários, poderia atender boa parte da demanda da nossa região a muitos anos, para não dizer décadas.

Pelo que se tem notícia, é muito “tímida” a participação do Poder Público no tocante ao Aeroporto de Garibaldi, o qual se mantem graças ao amor, dedicação e perseverança de sua diretoria e de seus associados, os quais, ano após ano, lutam para manter em funcionamento algo que representa um verdadeiro catalisador no desenvolvimento de qualquer Município, ainda mais para aqueles que possuem uma vocação turística e empreendedora como Garibaldi.

As razões para nosso Aeroporto não ter se decolado no decorrer das décadas que já se passaram não cabe a mim esclarecer, mas o certo é que, a mais de meio século, possuímos algo que é o sonho de muitos municípios que querem se desenvolver nos mais variados aspectos. Talvez eu esteja errado, mas eu acredito que precisamos começarmos a deixar de lado algumas “fogueiras de vaidade” e começar a valorizar e desenvolver o que aqui temos de melhor, e neste quesito, precisamos incluir o nosso Aeroporto antes que ele vire apenas mais uma linda foto no nosso belíssimo museu.

Alguém concorda comigo?

Talvez eu esteja errado, mas eu acredito que precisamos começarmos a deixar de lado algumas “fogueiras de vaidade”

César Ongaratto

Últimas colunas